E-commerce: Marcas vão investir cerca de 59 bilhões de dólares em publicidade nas lojas virtuais até dezembro

E-commerce: Marcas vão investir cerca de 59 bilhões de dólares em publicidade nas lojas virtuais até dezembro

28 de Setembro de 2020

Tempo de leitura: 1min 30seg

Com o aumento dos e-commerces, impulsionado pela pandemia da Covid-19, os sites de vendas passaram a ser alvos não só de consumidores, mas também de marcas. De acordo com as previsões do WARC Data, as marcas vão investir cerca de 59 bilhões de dólares em publicidade em e-commerces até dezembro.

Segundo o relatório “Global Advertising Trends”, o investimento publicitário em plataformas e em redes sociais com um componente comercial como o TikTok, vai crescer 18,3%, a nível global. Trata-se de um aumento 30 vezes mais rápido do que o verificado no mercado publicitário online no geral.

O WARC Data considera que os gastos em publicidade associada a comércio electrónico refletem a rápida ascensão das compras online nos mais variados países: os consumidores irão gastar online mais 183 bilhões de dólares só este ano. As vendas totais de e-commerce deverão subir 30,4% em todo o mundo.

Atualmente os e-commerces trabalham com diversas formas de publicidade em suas plataformas, sejam sites, redes sociais ou mesmo nas embalagens dos produtos.

E-commerces maiores, porém, conseguem fazer parcerias com companhias de determinado produto para oferecem itens com promoções maiores, deixando a marca em evidência.

No Brasil, e-commerces como Magazine Luiza, Amazon, Pão de Açúcar e B2W já conseguem fazer essas parcerias.

E-COMMERCE: VAGAS DE TRABALHO NO SETOR CRESCE 162% DURANTE A PANDEMIA

 

Fonte: Marketeer

Escrito por: WD House