E-commerce: Vagas de trabalho no setor cresce 162% durante a pandemia

E-commerce: Vagas de trabalho no setor cresce 162% durante a pandemia

24 de Setembro de 2020

Tempo de leitura: 1min 25seg
 

Segundo uma pesquisa divulgada pela Catho, uma das maiores plataformas para vagas profissionais no Brasil, o e-commerce precisou de 162% mais profissionais durante a pandemia. Esse crescimento do comércio eletrônico não só movimentou o varejo, como também garantiu emprego para muitos brasileiros.

E não foram apenas novas lojas online abertas que garantiram vagas a esses profissionais. Mesmo varejistas já consolidados abriram novas vagas pelo aumento da demanda na compra online.

As maiores altas foram registradas nas funções de:

  • Vendedor;
  • Atendente;
  • Gerente;
  • Supervisor de e-commerce.

De acordo com a empresa, a oferta de vagas no e-commerce só foi superada pelo setor de saúde, por conta da pandemia do novo coronavírus. No caso de fisioterapeutas respiratórios, o crescimento foi de 924%. Na área hospitalar, a alta é de 900% desde março.

“O crescimento expressivo na área de comércio eletrônico comprova que as empresas, de todos os portes e nichos, estão apostando na transformação digital e se adaptando à nova realidade de pouco contato físico com os clientes para evitar a propagação do vírus. Atualmente, oferecer serviços online pode ser a garantia de continuidade de negócios”, afirma a diretora de Operações da Catho, Regina Botter.

LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS: ENTENDA O QUE MUDA PARA SUA EMPRESA


Fonte: Mercado & Consumo

Escrito por: WD House