iFood faz primeira entrega com drone na fase de teste. Veja como funciona.

iFood faz primeira entrega com drone na fase de teste. Veja como funciona.

15 de Setembro de 2020

Tempo de leitura: 2min

Já imaginou receber sua entrega por um drone? Isso já é possível. A iFood realizou a primeira entrega com drone, na cidade de Campinas, no interior de São Paulo. O experimento teve a autorização da Agência Nacional Aviação Civil (Anac).

Campinas foi escolhida como a cidade para testes estrategicamente. Quando o iFood anunciou o início do uso do drone, a empresa afirmou ter escolhido Campinas pelo alto volume de pedidos e proximidade com a sede em Osasco.

Como funciona?

  • Um operador coloca o pedido no equipamento, que voa até o ponto de entrega, no local a entrega é finalizada por um motoboy ou outro entregador.

  • O cliente não retira o pedido diretamente do drone, toda a operação é acompanhada por um ser humano, mesmo que remotamente.

  • A expectativa é diminuir o tempo da rota de 12 para 2 minutos.

  • O drone sai com o pedido de até dois quilos de um “droneporte”.

  • O modelo de aeronave projetada pela empresa Speedbird tem 1,5 metro de altura, 1,20 de largura e seis motores.

  • O equipamento também tem dois aparelhos de GPS com tecnologia 4G.

  • O drone chega a voar com velocidade de 32 km/h.


Amazon também testa drones nos EUA

Enquanto isso, nos EUA, a Amazon deu um grande salto em direção às entregas por drone ao se tornar uma das poucas empresas certificadas pelo governo para operar como companhia aérea de drones.

A agência federal de aviação, Federal Aviation Administration, designou a Amazon Prime Air como transportadora aérea. Com a liberação a empresa também pode fazer entregas comerciais nos, como um programa de testes.

Leia também: E-COMMERCE E DELIVERY CRESCE 106,49% EM FARMÁCIAS

Fonte: E-commerce Brasil

Escrito por: Nicolas Castro / WD House